Indicações da osteopatia

O que a osteopatia realmente trata

A osteopatia está recomendada para:

Disfunções musculo-esqueléticas

  • Dor musculo-esquelética (ex: trocicolos, Dores nas costas,…)
  • Dor neuropática (ex: ciática, cervico-braquialgias)
  • Protusões/Hérnias discais
  • Quadros de parestesia (formigueiro, dormência, alterações sensibilidade…)
  • Alterações posturais (Escoliose, Hiper-cifose, Hiper-lordose)
  • Disfunções temporo-mandibulares (ATM)

Disfunções Viscerais:

  • Dor visceral (com/sem dor referida)
  • RGE/Hernia Hiato
  • Alterações digestivas (Digestões pesadas, enfartamento, gases, barriga Inchada…)
  • Obstipação (Intestino preso)/Diarreia
  • Taquicardias/HTA
  • Diabetes (tipo II)
  • Hipertrofia benigna da próstata/PSA elevado/Prostatite
  • Leiomiomas do útero

Outras aplicações

  • Cefaleias/Enxaquecas
  • Zumbidos/Náuseas/Tonturas/Vertigens
  • Ansiedade/Depressão
  • Ginecologia (Dispareunia, alterações menstruais)
  • Insónias/Alterações sono (acordar a meio da noite,…)
  • Retenção de líquidos/Edema membros
  • HTA (alguns quadros)
  • Preparação parto natural (libertação da bacia)
  • Bebés/recém nascidos (vómito, bolsar frequente, irritabilidade,…)
Luís Silva - Osteopata, Eur Ost DO, M.R.O.P.

A OSTEOPATIA TAMBÉM LHE PODE DAR CONSELHOS RELATIVAMENTE AOS SEUS HÁBITOS ALIMENTARES, POSTURAS, EXERCÍCIO FÍSICO E MUITOS OUTROS ASPETOS DA SUA VIDA DIÁRIA.